Instituto Retornar

Containers transformados em alojamentos pelo Instituto Retornar: Uma obra de fé

Levar o amor de Jesus Cristo adiante é uma das missões do Instituto Retornar. Firmados nesse propósito, fomos à prática: reformamos e transformamos os containers da OSC Refúgio em um alojamento para a realização de encontros evangelísticos.

Localizada em Cambé, interior do Paraná, a OSC Refúgio oferece assistência social a comunidades em situação de vulnerabilidade. Por meio de diversas atividades, como aulas de dança, balé, circo e música, eles levam conhecimento e oportunidades a centenas de crianças e jovens.

Outro grande propósito da Refúgio é, também, levar o amor de Jesus. A organização já possuía um espaço onde realizava cultos e encontros, mas um dos sonhos do fundador e presidente, Marcio Carvalho, era ter um espaço com acomodação para realizar acampamentos. 

Eles já possuíam os containers, mas precisavam de ajuda para realizar a reforma. Com o apoio do Instituto Retornar, isso foi possível e agora a OSC Refúgio tem containers novos e dedicados a um nobre propósito: o amor!

Para Marcio, foi a verdadeira concretização de um sonho, que ajudará a levar o amor de Jesus mais longe, ensinando as crianças e jovens sobre sua Palavra e seus ensinamentos.

“Graças à Retornar, esse espaço é dedicado totalmente a Deus e nós podemos honrá-lo, ensinando às crianças que o amor é importante e é o que nos motiva”, disse.

Assista ao vídeo e confira essa ação de amor e fé!

Related posts
Sem categoria

Doação de alimentos em Arapongas-PR

O Instituto Retornar, em parceria com a Igreja Evangélica Reformada de Arapongas, doou alimentos para muitas famílias
Sem categoria

Rio Branco, no Acre: Famílias abençoadas com alimentos

Em Rio Branco, Acre, o Instituto Retornar e os Amigos Solidários têm realizado uma ação contínua para ajudar famílias em situação de…
Sem categoria

Instituto Retornar abençoou mais de 11 mil pessoas

Instituto Retornar acredita que quanto mais ajudamos, mais somos abençoados para continuar fazendo boas obras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *