Instituto Retornar

O que é ser atleta para você?

Nesta sexta, 10 de fevereiro, se celebra o Dia do Atleta Profissional no Brasil. A celebração existe para homenagear uma das profissões mais antigas do mundo, com os primeiros registros do esporte profissional sendo datados de até 3 mil anos atrás.

Mas para pessoas com deficiência, o Dia do Atleta Profissional tem um prestígio diferente, pois reconhece a habilidade, a dedicação e o espírito de superação. 

Além de reconhecer o valor e o papel que os atletas desempenham na sociedade, bem como a importância de proporcionar oportunidades iguais e acessíveis para que todos possam participar ativamente em esportes e atividades físicas.

Histórico

Ao longo dos anos, o esporte para pessoas com deficiência tem evoluído significativamente e hoje já existem inúmeras competições e eventos esportivos que incluem atletas com deficiência.

Os Jogos Paralímpicos, por exemplo, já fazem parte do calendário mundial e ocorrem a cada quatro anos, logo após os Jogos Olímpicos. 

Competições como essa, de alto nível, ajudam a quebrar estereótipos e a promover a inclusão e a aceitação da diversidade. 

E para compreender o que significa ser atleta convidamos todos os paratletas do time Retornar para compartilhar o que significa ser atleta na vida de cada um.

Para a Mariana Garcia, atleta de paraciclismo, considera que ser atleta “é buscar sempre evoluir, sempre querer mais, ser referência para outras pessoas e o mais gratificante é ser reconhecida.”

Já para o também atleta de paraciclismo Maurício Dourado, é por meio do esporte que se encontra o equilíbrio entre corpo e mente para se tornar um exemplo na sociedade.

O esporte contribuiu para que o Tiago, atleta de paraciclismo, evoluísse como pessoa, se tornando mais focado, competitivo, educado e adquirisse a disciplina, tão importante para a profissão.

Ao se tornar atleta profissional, Josimar Sena, atleta de paraciclismo, conta que reuniu forças para superar todas as dificuldades e seguir em frente. Por isso, considera que o esporte é sua razão de vida.

Da esquerda para direita: Tiago Souza, Mauricio Dourado, Mariana Garcia e Josimar Sena no campeonato paulista de paraciclismo.

Victória Barbosa, nossa atual campeã da Taça Brasil de pista na categoria paraciclismo C2, conta que ser uma profissional do esporte a motiva ser sempre sua melhor versão. 

“É de forma excelente, fazendo o que eu preciso fazer, buscando os resultados que eu preciso ter, buscando meu desempenho, buscando tudo isso para exaltar o nome de Cristo. Abençoar outras pessoas que estão à minha volta e fazer o nome Dele conhecido por onde eu passar.”

Victoria Barbosa, 1º lugar Classe C2 prova 500m e perseguição individual.

Os nossos atletas são uma fonte de inspiração para todos nós. Eles nos mostram que, independentemente de nossas habilidades físicas, todos temos o potencial de superar obstáculos e alcançar nossos objetivos. 

Para Márcia Menezes, atleta de halterofilismo:

“Ser atleta é a emoção de representar o Brasil e trazer medalhas. É alegria de ser inspiração para os que estão começando e poder incentivá-los. Ser atleta, para mim, é amar o que eu faço e fazer com excelência.”

Marcia Menezes, medalha de ouro para o Brasil na Copa do Mundo de halterofilismo.

É hora de reconhecer o valor que eles trazem para nossa sociedade e continuar trabalhando para tornar o esporte cada dia mais acessível e inclusivo a todos.

Assista ao vídeo na íntegra:

A Retornar acredita que o esporte é uma excelente ferramenta de transformação social pois promove a inclusão social e fortalece a individualidade e o protagonismo das pessoas com deficiência para obter sua participação ativa na sociedade.

Acompanhe o nosso Instagram ou acesse nosso blog para conferir outras ações de solidariedade que estão transformando vidas Brasil afora.

Feliz dia do Atleta Profissional!

Related posts
Sem categoria

Alimentando famílias em Pernambuco

A solidariedade pode transformar vidas e é exatamente isso que o Instituto Retornar, em parceria com o Instituto Judô Resgatando Vidas, está…
Sem categoria

Relacionamentos saudáveis

Relacionamentos amorosos saudáveis são construídos sobre uma base de respeito mútuo, comunicação aberta e apoio emocional.
Sem categoria

Doamos alimentos no União da Vitória em Londrina 

Na Comunidade da União da Vitória, em Londrina, um gesto de solidariedade aqueceu os corações e alimentou esperanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *